Na tarde desta terça-feira, 17, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) aprovou o Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc) para as culturas de arroz de sequeiro e irrigado, girassol e milho primeira safra.

O Zarc é um estudo realizado pela Embrapa e tem por objetivo minimizar os riscos causados por fenômenos climáticos e permite que cada município identifique a melhor época para plantar nos diferentes solos e ciclos.

O zoneamento também serve de base para as apólices de seguros rurais. Produtores que contratam seguros, mas não seguem as recomendações feitas pelo Zarc, não são indenizados pelas seguradoras, caso venham a ser atingidos por intempéries climáticas.

O Painel de Indicação de Riscos está disponibilizado no site do Mapa (http://indicadores.agricultura.gov.br/zarc/index.htm) e calcula os riscos de perdas de 20 a 40%.

Para os próximos dias, será disponibilizado o zoneamento das demais culturas de verão, como soja, feijão 1ª safra, feijão caupi e algodão.

 

Fonte: MAPA