Renda vinda do campo deve bater recorde este ano

A atual safra de grãos, ainda em andamento, deve ser a segunda maior da história em termos de faturamento, totalizando 226,04 milhões de toneladas. A expectativa é que a receita com grãos cresça quase 5% em 2018, segundo cálculos de analistas ouvidos pela agência de notícias Broadcast Agro.

Três fatores principais ajudam a explicar esse faturamento maior: a forte demanda da China por produtos agropecuários, um câmbio que favorece as exportações e a estiagem enfrentada pela Argentina.

Os números podem ser ainda maiores caso a China reduza as compras de soja norte-americana. Isso pode levar o Brasil a ampliar os embarques da oleaginosa para o país asiático, já que os três grandes fornecedores mundiais são EUA, Brasil e Argentina.

Principal produto na pauta da exportação brasileira, a soja está com a produção estimada em 113 milhões de toneladas, com a saca sendo cotada a R$ 74,35, um aumento de 8% em relação ao mesmo período do ano passado, segundo dados da Conab.

O feijão se mantém com preços menores do que os do ano passado. Caso o cenário positivo para os valores do milho se confirme, uma alternativa será migrar para o cereal de segunda safra em busca de melhores rendimentos financeiros.

 

Fonte: DCI

-->

Deixe um comentário

Seu email está mantido privado. Campos obrigatórios estão marcados com *

*
*

Você pode usar tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>