Avaliar o cenário do Agronegócio. Trocar experiências. Acompanhar as tendências. Discutir sobre elas. Encontrar gargalos e benefícios. Fato é que para falar sobre tudo isso, encontrar alternativas que maximizem os pontos positivos e minimizem os negativos, os eventos do segmento são sempre uma ótima opção.

Neste ano, a agenda já começou cheia. De acordo com Rafael Miranda, um dos responsáveis pelo marketing, os ambientes de feiras agrícolas propiciam o contato mais direto e orgânico com o público da empresa. “É a experiência ideal e para qual nos preparamos durante o ano inteiro. As rodadas de negócios são fundamentais e práticas: podemos apresentar, em poucas horas, nossa marca para possíveis clientes do mundo inteiro. Somente lá produtor pode ver, conhecer, questionar, criticar e elogiar tudo ao mesmo tempo e agora”, ilustra ele.

Miranda revela que para a Agrimec funciona como um termômetro eficaz. “Vem das feiras o feedback menos ruidoso que podemos ter”, resume.