Porto Alegre – Teve início nesta semana a semeadura de arroz nos municípios gaúchos de Agudo, Paraíso do Sul, Uruguaiana e São Borja. No total, foram semeados cerca de 670 hectares. Essas regiões utilizam cultivares de ciclo médio e tardio com plantio recomendado a partir de 1º de setembro, conforme zoneamento agrometeorológico indicado pelo Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga).

Para o chefe do Departamento de Assistência Técnica e Extensão Rural do Irga, Rui Ragagnin, está consolidado no meio arrozeiro que a semeadura no período preferencial recomendado permite expressar ao máximo o potencial dos sistemas de produção(Pré-germinado na depressão central com as cultivares IRGA 425 e EPAGRI 108 e semi-direto utilizando a cultivar IRGA 409 na fronteira Oeste). 

Segundo ele, essa tomada de decisão possibilita ao agricultor conquistar a maior eficiência dos recursos naturais tais como solo,água, radiação solar e temperatura ,bem como permite a racionalização da mão de obra e dos insumos externos à propriedade como sementes,fertilizantes e agrotóxicos. “Desta forma, o agricultor está trabalhando para a conquista da sustentabilidade da sua lavoura e, por conseqüência, obtendo renda na sua atividade”, completa Ragagnin.

Fonte: Secretaria da Agricultura, Pecuária e Agronegócio

.