Aquecedores solares além de alternativa ambientalmente correta esquentam mercado imobiliário

Atualmente, são mais de um milhão de estabelecimentos públicos, comerciais, industriais e residenciais que adotaram o mecanismo tecnológico voltado para a energia do sol.

De acordo com a Intecsol, uma das empresas do Grupo Agrimec, a energia solar térmica, usada para o aquecimento de água, é considerada uma tecnologia com boa entrada no mercado nacional. “Ela foi valorizada nos últimos anos devido aos seus atributos de baixo custo e preservação do meio ambiente”, explica o Diretor Executivo Davi Lamb.

O mercado imobiliário é um fator importante do ponto de vista da economia. A opção pelo aquecimento solar é muito valorizada pelos condomínios horizontais e edifícios em substituição aos chuveiros elétricos e aquecedores a gás. “Os projetos atuais de edifícios inteligentes já incorporam aquecedores solares de água como item de economia e conforto para seus usuários”, destaca Lamb.

O diretor explica que uma residência ou empreendimento que tenha aquecimento solar é valorizado porque hoje se fala muito de sustentabilidade, economia de energia. “É um assunto que estáem voga. Hojea tendência é de que isso aumente cada vez mais”, presume.

No caso dos prédios, o especialista conta que existem hoje os selos “green building”, que são conferidos a construções ecologicamente corretas, que focam a qualidade de vida do usuário, a eficiência e aproveitamento de recursos naturais. “São construções projetadas para causar o mínimo de impacto ao meio ambiente”, complementa.

A informação da Intecsol é de que algumas construtoras já estão aderindo a esse selo. Para obtê-lo um dos requisitos é que o prédio tenha aquecimento solar. “Um indício acerca da tendência”, retoma o diretor.

Experiência

Uma verdadeira obra-prima. Essa é a definição que tem ganho o condomínio Green Tower Residence, empreendimento na cidade de Santa Maria, Rio Grande do Sul. Um dos atrativos do consumidor cada vez mais exigente é justamente o sistema de aquecimento solar de água Intecsol, que está sendo instalado em todas as unidades residenciais para banho. O condomínio também disponibilizará água quente para outras dependências como cozinha e área de serviço. “O sistema garantirá aos moradores sustentabilidade e economia”, resume o Diretor Executivo da Intecsol.

“Nós participamos desde o início do projeto porque o objetivo de sustentabilidade se encaixa à filosofia da empresa”, diz ele.

O condomínio Dona Nerci, em Aratiba, noroeste do Rio Grande do Sul, é outro exemplo onde a Intecsol depositou seu talento e experiência. “Participamos de uma feira no município em 2011 e os contatos nos possibilitaram o envolvimento no projeto”, lembra Lamb.

O prédio possui 16 apartamentos, sendo que todos terão aquecimento solar. O objetivo da empresa, por meio desse projeto, é não só possibilitar ainda mais conforto aos condôminos, mas também expandir o mercado de atuação para as demais cidades da região, como Erechim, Passo fundo etc. “A instalação do aquecimento deve ser feita em agosto”, adianta o diretor.

Valorização dos empreendimentos

Imóveis com aquecedores solares de água são mais valorizados pelos potenciais compradores, graças à economia proporcionada nos gastos com aquecimento de água. Hoje em dia, a procura por aquecedores solares reflete no aumento da demanda por imóveis que já trazem este tipo de melhoria instalada e dentro do conceito de construção sustentável.

Redução no consumo de energia

A principal vantagem dos aquecedores solares é a surpreendente redução no custo para aquecimento de água, o que pode representar uma economia de até 50% e ainda aumentar o conforto do usuário. Além disso, a solução permite o deslocamento do horário de ponta, pois evita a entrada de vários chuveiros elétricos ao final da tarde, quando se concentra um alto consumo de energia elétrica em todo o país.

Assessoria de Imprensa Grupo AGRIMEC
Liana Merladete / Dois Agência de Conteúdo
imprensa@agrimec.com.br

Siga-nos no Twitter ou curta nossa página no Facebook

.