O Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga) em parceria com a Secretaria da Agricultura, Pecuária e Agronegócio, Emater-RS/Ascar, Secretaria de Desenvolvimento Rural, Banco Banrisul, Banrisul Corretora de Valores e Bolsa Brasileira de Mercadorias (BBM), lançam oficialmente, nesta quinta-feira (10), às 20 horas, o Programa Arroz na Bolsa, no CTG Bonifácio Gomes, em Cachoeira do Sul. O programa tem por objetivo oferecer aos pequenos e médios produtores de arroz, indústrias de beneficiamento ou de transformação e comerciantes o acesso a mecanismos de mercado que garantam preço justo na época de venda do seu produto. 

De acordo com o presidente do Irga, Claudio Brayer Pereira, o Governo do Estado dá um grande passo no que se refere aos gargalos e os problemas estruturais da lavoura de arroz. “O processo é transparente e possibilita a oferta para pequenas e médias indústrias”, afirmou. 

Para o Chefe de Gabinete do Irga, Marcelo Lima, a iniciativa promove segurança tanto na qualidade dos produtos ofertados, como na garantia da entrega.

Na operação, serão formados lotes com arroz do Irga somado ao dos produtores, cuja classificação será realizada pela Emater-RS. A marca Irga, chancelada pelas demais parceiras (Emater-RS, Banrisul Corretora e BBM) evidenciam a seriedade, a confiança e a transparência desta forma de comercialização. 

Com o Arroz na Bolsa, o Governo de Estado busca promover o desenvolvimento regional, no enfrentamento às desigualdades regionais, no aumento da renda dos pequenos e médios produtores rurais, cooperativas, indústrias de beneficiamento e comerciantes de menor porte e sua inclusão na cadeia produtiva do arroz. 

Participam da solenidade de lançamento dirigentes da Seapa, da BBM, da Banrisul Corretora de Valores, do Banco Banrisul, assessores do Irga e demais convidados.

Fonte: Irga

.