Depois de boa parte do outono ter sido de tempo seco, o mês que sedia a abertura do inverno será marcado por chuvas a cima da média em boa parte do estado, com exceção das áreas fronteiriças, confirmando-se o efeito ‘‘ganrorra’’ sobre o estado.

Os maiores acumulados de chuvas acontecerão já na primeira quinzena, com destaque para a Região Norte. A partir da metade do mês, a chuva será mais fraca e também ficará mais ao Sul.

Diferentes das chuvas, o frio predominará em todas as regiões e nas serra catarinense. Já na próxima semana as mínimas devem cair próximas de 0°C na fronteira com o Uruguai.

Na tarde desta sexta-feira, 01, especialmente no período da tarde, a temperatura cai drasticamente com a chegada de uma frente fria alimentada por ventos que chegam do Paraguai.

No decorrer do final de semana, chove na primeira parte do dia de sábado, 02, mas a chuva enfraquece e períodos de melhoras ocorrem. Tempo aberto no Oeste, Centro e Fronteira com o Uruguai, devido ao avanço de uma massa de ar polar que diminui as temperaturas.

No decorrer dos dias, o frio já começa a ser sentido de forma mais abrangente com mínimas abaixo dos 10ºC e máximas que não passam dos 20°C, em grande parte do estado.

Fonte: Gaúcha ZH