A sexta-feira, 27, será de tempo firme em grande parte do Rio Grande do Sul, com temperaturas elevadas devido ao tempo aberto e aos ventos que sopram do norte do país em direção ao interior do Estado.

De acordo com a Somar Meteorologia, o clima de verão estendido deve se manter até a virada do mês.

Para o sábado, 28, já está sendo esperado o avanço de uma frente fria pelo oceano, aumentando as instabilidades, primeiramente, na Região Sul. Os volumes esperados são baixos, mas a chuva pode ser acompanhada de ventos fortes e trovoadas.

A partir do feriado do dia primeiro, com a formação de uma segunda frente fria, mais forte, a chuva deve se espalhar por todo o Rio Grande do Sul, derrubando as temperaturas em todo o Estado.

Com relação ao frio extremo que está sendo prometido para o inverno 2018, não há nenhum indicativo de que as temperaturas caiam bruscamente ao longo dos próximos sete dias, divulgou a Climatempo em comunicado.

O tempo extremamente seco e as temperaturas em gradativa elevação estão trazendo preocupação aos produtores de milho do centro do país que estão vendo suas lavouras sob estresse hídrico e com reduções em seus potenciais produtivos.

Está prevista uma produção total de milho no Brasil abaixo dos 88 milhões de toneladas, já que todas as regiões produtoras estão sofrendo esse estresse.

Para o setor sucroalcooleiro, o tempo seco tem colaborado para que a colheita da cana-de-açúcar avance sem grandes transtornos, sendo que a média de produtividade das lavouras apresenta-se boa.

Fontes: Gaúcha ZHSuccessful Farming Brasil