Demanda e preocupações com a oferta em 2012 têm impulsionado as cotações do grão

Em março, as exportações de soja registraram recordes considerando-se o mês

Os preços internos de soja em grão registraram patamares recordes neste início de abril em termos nominais, de acordo com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). Em março, as exportações também registraram recordes considerando-se o mês.

Segundo pesquisadores da entidade, a demanda e as preocupações com a oferta em 2012 têm impulsionado as cotações do grão. Na quinta, dia 5, o Indicador Esalq/BM&FBovespa do produto transferido para armazéns do porto de Paranaguá fechou a R$ 58,88 por saca de 60 quilos, com alta de 5% sobre a quinta-feira anterior. O recorde (nominal) foi observado no dia 2 de abril, quando fechou a R$ 58,75 por saca.

Ao ser convertido para dólar (moeda prevista nos contratos futuros da BM&FBovespa), o Indicador Esalq/BM&FBovespa fechou a quinta a US$ 32,25 por saca de 60 quilos, com elevação de 5% no mesmo período. Quanto às exportações de farelo de soja, em março de 2012 foram embarcadas 1,052 milhão de toneladas, 5,6% a mais que em fev de 2012; no comparativo do trimestre com igual período de 2011, o avanço é de 16,2%.

Fonte: RuralBR

.