Com o início do plantio desta que tem tudo para se configurar como uma das maiores safras de grãos do país, o Brasil bateu um novo recorde na entrega de adubos, em agosto.

Ao todo, 4,827 milhões de toneladas de fertilizantes foram vendidas aos consumidores finais do país, de acordo com a Associação Nacional para Difusão de Adubos (Anda).

Soja, milho, cana-de-açúcar e café foram as principais culturas de destino dos insumos.

Esse volume é 18,9% maior que as entregas que foram feitas no mesmo período do ano passado e 21,3% a mais que na comparação com julho deste ano.

Os números também superam a melhor marca anterior, registrada em setembro de 2016, quando foram comercializadas 4,02 milhões de toneladas.

Por outro lado, a produção nacional de fertilizantes intermediários encerrou o mês com uma queda de 7,1% em relação a igual período do ano passado.

Na principal porta de entrada dos fertilizantes no Brasil, o Porto de Paranaguá, 5.710 mil toneladas chegaram ao Brasil desde janeiro, número 4% menor que em 2017.

Fonte: Cenário MT