De acordo com as últimas informações vindas do Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga), o estado do Rio Grande do Sul já começou os primeiros trabalhos referentes à colheita da safra 2018/2019 de arroz.

Em Taquari, na região central do estado, a retirada do cereal das lavouras vem acontecendo desde a segunda-feira, dia 21.

Em regiões que não foram afetadas pelas fortes chuvas das últimas semanas, a produtividade está similar com o esperado no início da safra e o visto na última temporada, segundo técnicos da entidade.

Na última sexta-feira, dia 25, foi confirmada pela Ministra da Agricultura, Tereza Cristina, a liberação de R$ 2,5 milhões para os municípios afetados pelas enchentes no estado.

Ao todo, 17 municípios foram atingidos pelos temporais e tiveram o decreto de situação de emergência reconhecido pelo Governo Federal.

Em levantamento feito pela Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz) foi indicado que a produção de arroz deverá cair 11% no estado, não passando dos 990 mil hectares, número que remete à área plantada há 10 anos.

Fonte: Canal Rural e Notícias Agrícolas