Blog - Página 64 de 74 - Agrimec

Blog

5 de julho de 2011

Setor da cana-de-açúcar renova acordo que visa garantir melhores condições de trabalho

Compromisso assinado pela primeira vez em 2009 contará com auditoria das empresas

Governo e entidades representativas de empresários e trabalhadores do setor sucroenergético assinaram nesta segunda, dia 4, a renovação, por mais um ano, do compromisso nacional por melhores condições de trabalho na produção de cana-de-açúcar. De acordo com a Secretaria-Geral da Presidência da República, o compromisso foi assinado pela primeira vez em 2009 e, agora, passa para uma nova fase, a de auditoria das empresas.

4 de julho de 2011

Safra menor de cana vai elevar preço do álcool

A safra de cana-de-açúcar deve ficar novamente menor este ano, dado três fatores principais: os problemas climáticos, que compactaram o solo, trouxeram pragas e doenças ao canavial e afetaram a rentabilidade da cana. A falta de renovação de área, e o canavial envelhecido, que afetam diretamente a produtividade da planta. Segundo levantamento realizado pela consultoria Datagro, a produção deve ficar em 600 milhões de toneladas, que representa queda de 3,3% ante a safra anterior.

1 de julho de 2011

Condições climáticas deve favorecer a colheita

Cana: Condições climáticas devem favorecer colheita nos próximos 15 dias

De acordo com as previsões do engenheiro agrônomo e agrometeorologista da Somar Meteorologia Marco Antonio dos Santos, a colheita de cana deve ser beneficiada nos próximos 15 dias com as atuais condições climáticas. As baixas temperaturas em períodos mais secos contribuem para a concentração de açúcar na planta e devem elevar a produtividade e rendimento nas usinas. 

30 de junho de 2011

Arrozeiros negociam em Brasília

Arrozeiros negociam em Brasília soluções para a crise do setor

Foram várias reuniões com representantes dos Ministérios da Agricultura e da Fazenda, parlamentares e produtores. Eles elaboraram uma lista com 10 assuntos que devem ser tratados com prioridade. Um deles propõe a destinação do arroz para ração animal.

29 de junho de 2011

Retração de produtores eleva preço do arroz no RS

Indicador Esalq/BM&FBovespa acumula alta de 3,02% na parcial de junho

Os preços do arroz registraram pequenos aumentos nos últimos dias no mercado do Rio Grande do Sul, de acordo com levantamentos do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). A valorização da saca de arroz em casca é resultado da persistente retração de venda por parte de produtores.

28 de junho de 2011

Distribuidores contra altas do etanol

Além dos produtores do etanol, os distribuidores de combustíveis também vão ajudar o governo no combate à volatilidade dos preços do álcool. Caberá a eles armazenar produto suficiente para 15 dias, enquanto os usineiros terão de acumular estoque que garanta fornecimento por um mês. As novas normas estão em consulta pública pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) até o final deste mês e fazem parte do "pacote do etanol", que está em estudo no governo. "Sozinha, esta medida [dos estoques] não resolve o problema da volatilidade", comentou Antônio Henrique da Silveira, do Ministério da Fazenda. 

22 de junho de 2011

Etanol: Preços sobem mesmo com avanço da safra

O avanço da safra 2011/12 de cana-de-açúcar tem elevado relativamente a oferta de etanol por parte de algumas usinas no mercado paulista, segundo pesquisadores do Cepea. Mesmo assim, os preços dos etanóis anidro e hidratado subiram na semana passada, devido à demanda aquecida pelos combustíveis. 

21 de junho de 2011

DF: liberação do crédito rural alcança R$ 85 bilhões na safra atual

Liberação do crédito rural alcança R$ 85 bilhões na safra atual

Valor corresponde ao montante contratado por produtores rurais da agricultura empresarial entre julho de 2010 e maio de 2011. Trata-se do melhor desempenho já registrado para o período.

20 de junho de 2011

Saca de arroz segue abaixo

Saca de arroz segue abaixo de R$ 20 no mercado gaúcho

O mercado gaúcho de arroz encerrou a terceira semana de junho com preços médios ainda abaixo do patamar de R$ 20,00 por saca de 50 quilos. Atualmente, a saca vale, em média, R$ 19,42, ante R$ 19,12 da semana anterior. Segundo o analista de SAFRAS & Mercado, Élcio Bento, isto mostra que o mercado já encontrou o seu ponto mínimo. "E agora, com o término da colheita, tende a apresentar uma maior firmeza", acredita.