5 erros que diminuem o potencial produtivo das sementes

A agricultura é uma atividade formada por muitas práticas que atuam em sequência e em conjunto. O potencial produtivo de qualquer lavoura depende da excelência com que essas práticas são realizadas.

Os índices de produtividade são definidos logo no plantio, com cuidados que começam no preparo do solo e na escolha das sementes.

O tratamento do solo e o trabalho de semear a cultura são decisórios para atingir os melhores resultados e atuam de forma significativa no desenvolvimento das plantas e na rentabilidade total da lavoura.

A melhor escolha e, posteriormente, o ato de colocar a semente na terra possibilitarão o crescimento uniforme e saudável da plantação.

O que não faltam são dicas técnicas de como fazer esses trabalhos iniciais da melhor forma, tendo em vista a sua importância no decorrer do ciclo produtivo.

Embora o clima e muitos outros fatores tenham grande impacto durante a safra, é durante a semeadura que o produtor ‘‘bate o martelo da eficiência’’ e estabelece as condições para a germinação da semente.

No entanto, muito se tem falado em como aumentar o potencial produtivo das sementes e pouco de como não fazer.

Tão importante quanto conduzir um sistema que proporcione altas produtividades, especialmente na parte do manuseio das sementes, é corrigir alguns erros que são cometidos nessa etapa tão crucial.

Um dos equívocos mais comuns cometidos pelos produtores é considerar somente o preço das sementes adquiridas e deixar de lado características que garantem sua qualidade.

A ocorrência desses e dos demais erros citados a seguir podem comprometer a eficiência e a distribuição das plantas e diminuir as expectativas da safra.

Como já mencionamos esse é um erro muito comum praticado pelos produtores rurais na hora de comprar as sementes.

A gente sabe como os preços baixos são atrativos e tentadores. Porém, sementes cujos valores são muito abaixo dos praticados no mercado podem indicar que há algo de errado.

E o que era para ser barato acaba gerando um custo bem mais acima que o esperado.

É possível adquirir sementes que sejam mais em conta ao bolso e mesmo assim serem de qualidade e confiáveis, basta pesquisar o mercado e comprá-las em uma época mais favorável.

A compra deve ser feita apenas de pessoas ou estabelecimentos que sejam autorizados para tal.

Lembre-se sempre da importância que este insumo tem em toda a fase produtiva da sua lavoura.

O vigor de uma semente diz respeito ao seu potencial de germinação rápida e uniforme, quando semeadas em condições normais no campo.

Sementes vigorosas possuem graus mais altos de tolerância a estresse e perda de produtividade.

Da mesma forma que sementes mais puras apresentam maior qualidade física e genética.

Sementes com essas características possuem sua sanidade conservada, ou seja, são livres de fungos e bactérias e, geralmente, foram tratadas quimicamente antes da venda, reduzindo as chances de serem contaminadas quando forem ao solo.

Isso aumenta a viabilidade e a porcentagem de sementes vivas germinadas por hectare.

As sementes não certificadas, ou piratas, são um grande problema para o comércio legal de sementes e, claro, para o produtor rural.

Sementes piratas incidem diretamente na diminuição da qualidade dos alimentos, nas propriedades nutricionais da planta e na adaptação dos insumos a ambientes diversos e adversos.

Além do mais, sementes que não foram certificadas também nunca passaram por testes de aprovação que comprovem a sua qualidade antes da venda.

A única pessoa que ganha com o comércio ilegal de sementes é o infrator, pois os demais envolvidos na cadeia produtiva das sementes são apenas enfraquecidos com a prática.

As máquinas semeadoras são responsáveis pela introdução das sementes no solo.

Não vai adiantar você dedicar todo um cuidado na compra das sementes e pecar justamente na hora que ela irá ser introduzida no solo.

Por isso, é preciso que essas máquinas sejam frequentemente reguladas, principalmente o mecanismo dosador de sementes.

Frequentemente, a baixa produção das lavouras está relacionada ao mau desempenho das máquinas.

Erros de dosagem, de deposição, de profundidade e de acondicionamento são os tipos de equívocos que mais afetam o bom funcionamento das semeadoras.

Esses erros afetam a distribuição longitudinal das plantas, o tempo de descida da semente no solo, a germinação e a emergência da semente (quando não semeada na profundidade adequada) e a disponibilidade de água e ar para seu desenvolvimento, quando mal cobertas ou cobertas em solos compactados.

Por isso, nunca deixe de verificar:

✔️ A penetração dos discos no solo, sua altura e pressão;

✔️ O conjunto dosador de sementes e suas peças que possam causar danos a semente ou falhas no seu plantio;

✔️ A velocidade de trabalho da máquina e se está de acordo com a população de plantas que se pretende ter;

✔️ A pressão dos pneus da semeadora do trator e

✔️ A lubrificação da semeadora, bem como o seu manual de instruções.

As sementes também possuem condições apropriadas de armazenamento que prolongam a sua viabilidade e qualidade genética, como temperaturas e umidade adequadas.

Os armazéns são os lugares mais apropriados para o armazenamento das sementes. Mas mesmo assim, eles podem ser proliferadores de insetos, fungos e outras pragas.

Método de controle físico como a manipulação da temperatura e da umidade e o controle químico, através do uso de inseticidas, são boas soluções para prevenir ou combater a presença desses patógenos.

No momento da compra de suas sementes, lembre-se que elas determinam o êxito da sua lavoura.

Escolha somente as que já foram certificadas, analisadas e que tenham garantia de germinação e qualidade. E cuide para não cometer (mais) nenhum dos erros citados.

 

Fontes: Grupo cultivar (Erros na semeadura; Escolha certa de semadora); Por Dentro do Agro (Eficiência de semeadura pode interferir na qualidade da lavoura); Lavoura 10 (Não erre mais: tudo o que você precisa saber para a compra de sementes de milho); Successful Farming Brasil (5 dicas para investir em sementes de soja de qualidade; Plantabilidade da soja: dicas essenciais para garantir a lavoura perfeita).

Quer receber nossos conteúdos por email? Cadastre-se abaixo:

Enviar Por favor, preencha o campo nome. Por favor, preencha o campo email. Email, inválido tente novamente.
-->

Deixe um comentário

Seu email está mantido privado. Campos obrigatórios estão marcados com *

*
*

Você pode usar tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>