A Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais, Abiove, manteve as previsões para a safra 2017/2018 de soja em 118,4 milhões de toneladas e elevou em 1,3% a estimativa das exportações, que passaram de 71,2 milhões de toneladas para 72,1 milhões.

Com as alterações, os estoques finais sofreram uma queda de 15,3%, sendo estimados em 4.965 milhões de toneladas.

A Associação trouxe também os números relacionados aos derivados, que não sofreram alterações. Para o farelo está sendo esperada uma produção total de 32,8 milhões de toneladas, sendo 16,2 milhões para consumo interno e 17 milhões para venda a outros países.

O óleo, por sua vez, é esperado que renda um total de 8,65 milhões de toneladas, com 7,9 milhões para dentro do país e apenas 900 mil toneladas para fora.

Perguntado sobre a atual greve dos caminhoneiros, André Nassar, diretor executivo da Abiove, pontua que as exportações não foram afetadas porque os portos estavam com estoques em bons números. Porém, se persistir, o impacto será sentido logo nos primeiros dias de junho, prejudicando a balança comercial.

Fontes: Canal Rural e Folha de São Paulo