Segundo o levantamento feito pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e analisados pelo Boletim do Setor Sucroalcooleiro do Ceper/Fundace, as regiões Sudeste e Centro-Oeste devem apresentar os maiores volume de produção, produtividade e área plantada de cana de açúcar do país.

A região Sudeste destaca-se por produzir quase três quartos do açúcar brasileiro e por liderar a produção de etanol, devido ao desempenho do estado de São Paulo.

No levantamento também foram apontadas as esperadas quedas na produção vindas das regiões Sul e Sudeste, representando uma retração de 3,28% na produção nacional. Como consequência, se reduz também a área plantada, mal que atinge todas as regiões do país.

Comparado há anos anteriores, espera-se aumento da produtividade das lavouras, devido ao envelhecimento delas, e queda na produção de etanol na região Sudeste, principalmente do hidratado, em decorrência do aumento do consumo da gasolina.

A destinação de cana-de-açúcar para a produção de açúcar deve aumentar na próxima safra e a produção de açúcar em São Paulo, no Sudeste e no Brasil deve ser a maior dos últimos anos, com um acréscimo de 2% em relação à safra anterior.

 

Fonte: Notícias Agrícolas