De acordo com o Conselho Brasileiro da Produção Orgânica e Sustentável (Organis), 2018 será um ano positivo para o setor de alimentos orgânicos no Brasil. A entidade estima que o crescimento de novos produtos chegue a 20%.

A estimativa se baseia em fatores como a crescente demanda por produtos saudáveis e sustentáveis, a entrada de novos empreendedores no mercado e a mudança de percepção da população sobre esses produtos.

Ao todo, o Organis possui 50 associados e em 2017 estas empresas obtiveram um faturamento de cerca de R$ 2,5 bilhões. Embora as companhias também comercializem produtos convencionais, a cada ano a procura pelos orgânicos vem crescendo em relação a estes itens.

Em pesquisa feita pelo Conselho, foi constatado que cerca de 15% da população urbana consumiu algum produto orgânico em 2017. A maior procura por este tipo de produto (34%) está na Região Sul, que ultrapassa o dobro do consumo nacional.

Os produtos orgânicos mais consumidos citados são verduras, legumes e frutas. 64% das pessoas responderam que entre os motivos apresentados na pesquisa para o consumo neste segmento estão questões relacionadas à saúde.

 

Fontes: Bio Brazil Fair e Revista News