O agronegócio brasileiro fechou o ano de 2017 exportando 23,7% a mais que em 2016. Com um recuo de 9,7% das importações, o saldo, em novembro, foi de US$ 5,93 bilhões, 33,2% acima dos US$ 4,451 bilhões no mesmo período do ano passado.

Segundo informações da Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio (SRI) do Ministério da Agricultura, as carnes lideraram os embarques no penúltimo mês do ano, com um aumento de 14,3% nas vendas.

Os produtos do complexo soja (grãos, farelo e óleo) ficaram na segunda posição. As exportações do setor cresceram 156,4% em relação ao ano passado. O grão, principal produto, foi responsável por 64,9% das vendas do complexo, somando a quantidade recorde para o mês de novembro de 2,14 milhões de toneladas comercializadas.

Milho, com 3,5 milhões de toneladas exportadas, produtos florestais, complexo sucroalcooleiro e o café também alcançaram destaque. No total, o setor teve um acréscimo de 13% ante os 11 meses do ano passado.

 

Fonte: Estadão