Com forte presença na cultura do arroz, a empresa considera fundamental sua participação no segundo maior evento orizícola do mundo

Importante pelos negócios que possibilita e pelas atrações turísticas que oferece, a Feira Nacional do Arroz (Fenarroz) é o evento mais tradicional do município de Cachoeira do Sul e um dos mais relevantes do Rio Grande do Sul. E a Agrimec estará presente, ocupando os estandes 55 e 56.

As atrações serão a Plaina Robust 440; as Valetadeiras 60L e 40L; a BCI 250 e 500; o Rolo Faca Arrozeiro; a Scraper CRS5; o Distribuidor Centrífugo ID-1200 e o ID-600; além da Granbox 30.000 e da Taipadeira TA10.

Os produtos e suas principais características:

A plaina é indicada para aplainar diretamente o terreno, sem necessidade de preparo prévio, deixando a lavoura pronta para dissecar e receber o plantio direto, eliminando os desníveis causados por implementos, torrões, taipas, cupins etc. É usada também para melhorar o desempenho das plantadeiras. O implemento no formato multilâminas é um projeto pioneiro da Agrimec, e se constitui por um conjunto dianteiro com três lâminas em “V” e por uma lâmina posterior esquerda que fazem o “minipreparo” do solo, já a lâmina traseira é responsável por dar um melhor acabamento ao trabalho. O eixo dianteiro é articulado, permitindo manobras mais agudas. Seus cinco pontos de regulagem permitem ajustar a plaina para qualquer tipo de solo.

A Valetadeira Rotativa 60L foi projetada para abrir valas seguindo o rastro direito do trator. Toda sua estrutura é feita em chapa de aço e o sistema de rotor longitudinal proporciona melhor corte e dispersão do solo com menor esforço do trator. É destinada para a abertura de canais para drenagem em lavouras de arroz irrigado e de outras lavouras em zonas de várzea; para abertura de valas e deposição de material orgânico e para trabalhos com valetas no costado de cercas, taipas e estradas.

A Valetadeira 40L foi projetada para abrir valas estreitas e profundas, seguindo também o rastro do pneu direito do trator. Possui limitador de torque por discos de fricção para proteção do implemento e do trator. Possui também modelador direcional, o que permite o traçado das valetas em curvas e a regulagem de profundidade até 550mm, nas larguras de 85 e 130mm.

As BCIs, as Bombas Centrífugas, são indicadas especialmente para irrigação por inundação em lavouras de arroz, também utilizadas para esgotar ou encher açudes, drenagem de banhados, transferência de grandes volumes d’água entre tanques, secagem de inundação em minas etc. Economia e facilidade na operação são diferenciais.

O Rolo Faca Arrozeiro é usado a partir da colheita para acamar a palha do arroz, evitando o rebrote e a consequente disseminação do arroz vermelho, bem como, para decompor mais rapidamente os restos culturais da planta. Os Rolos Faca Agrimec são construídos em chapa de aço. Possuem lâminas de corte bem distribuídas e ângulo de incidência dimensionado para permitir um eficiente acamamento. Têm sistema de eixo passante que garante um alinhamento mais uniforme dos rolamentos e mancais.

As Caçambas Scraper representam um equipamento versátil para uso em serviços de deslocamento e nivelamento (terraplanagem) do solo como na construção de aterros, açudes, barragens, estradas, pavimentações, canais para irrigação. Também na manutenção, conservação e limpeza desses itens. Serve ainda no trabalho de aproximação de terra para sistematizar várzeas.

O Distribuidor a Lanço em Aço Inoxidável apresenta uma inovação interessante: introduziu aço inoxidável na composição do reservatório, pás e bandeja. Este material torna o equipamento livre da corrosão causada por agentes químicos e umidade. A regulagem é adequada a qualquer tipo de produto e tem 10 opções de abertura de distribuição. As comportas são acionadas por guilhotinas, o que permite que os grãos sejam distribuídos de forma mais uniforme. O acionamento se dá por sistema de alavanca ou remoto, que pode ser instalado próximo ao câmbio do trator, facilitando a operação. É indicado na aplicação de sementes de aveia, azevém, adubo granulado, calcário e uréia.

A Carreta Graneleira Multiuso Granbox 30.000 é uma grande novidade. É produzida com tecnologia exclusiva desenvolvida pela Agrimec e possui duas caixas separadas por uma divisória removível e tubos de descarga independentes, que permitem utilizar um recipiente para a semente e outro para o adubo, agilizando o abastecimento da plantadeira. Durante a colheita, pode-se utilizá-la também como uma única grande graneleira, possibilitando o atendimento de até três colheitadeiras ao mesmo tempo. O novo modelo possui um registro do tubo de descarga com duas posições: uma para ser utilizada durante o plantio e outra para o momento da colheita. O fundo de suas caixas e tubos de descarga são feitos em aço inox para evitar a corrosão causada pelos restos de adubo.

A Granbox possui um ótimo custo-benefício
A Carreta Graneleira Multiuso Granbox 30.000 Flex também estará na feira. O novo modelo possui um registro do tubo de descarga com duas posições: uma para ser utilizada durante o plantio e outra para o momento da colheita. 

A Taipadeira é indicada para o trabalho de irrigação em lavouras de arroz e também no posterior desmanche das taipas. Com a parte dianteira – dispensando o uso do rolo – serve para fazer terraços ou curvas de nível.
Com forte presença na cultura do arroz, nos últimos anos, a AGRIMEC ampliou sua atuação para a lavoura canavieira e outras culturas de terras altas, como feijão e soja. Isso permitiu um crescimento de participação no mercado interno, negociando implementos para todas as regiões do Brasil. A marca AGRIMEC também já ultrapassou fronteiras e, hoje, exporta para países da América Latina e do continente Africano.

Vale destacar que a Intecsol, empresa do Grupo Agrimec, também compõe o espaço.

A Feira:

A Fenarroz é conhecida como o segundo maior evento orizícola do mundo e maior do Mercosul. A feira ocorre em intervalos de dois anos num estruturado parque local que leva o seu nome.

De acordo com informações disponibilizadas pela executiva da Fenarroz, o evento foi criado, inicialmente, para reunir uma festa tradicional e a crescente produtividade das lavouras de arroz numa mesma ocasião. A ideia, conforme o histórico da feira, possibilitaria, ainda, que as indústrias do setor instaladas no município ganhassem ênfase.

Na época do planejamento de sua primeira edição, emergia a oportunidade de comemorar a abertura da colheita do cereal e o sucesso da produção. Nos seus primeiros eventos, a feira apresentava mais características de festa do que de feira de negócios. Com o passar do tempo, a evolução global da economia e as exigências do setor traçaram, gradativamente, um novo perfil ao tradicional evento. A cultura do arroz passou a ser valorizada no mundo dos negócios e, com a adequação compatível ao tempo e mercado, Cachoeira do Sul foi traçando as páginas de uma história que até hoje é sinônimo de ousadia, perspicácia, cultura, beleza e criatividade.

Como consequência do processo de industrialização do plantio, da colheita e do beneficiamento do arroz, as grandes indústrias do setor também foram, edição após edição, tornando-se visíveis. Os fabricantes de novas tecnologias passaram a procurar a feira de Cachoeira do Sul como uma oportunidade de negócio. Atualmente, as maiores empresas do setor orizícola do Brasil e de vários países do mundo reservam suas melhores máquinas, equipamentos e implementos para apresentarem aos clientes durante a Fenarroz.

A 17ª edição do evento acontece de 22 a 27 de maio.

Assessoria de Imprensa Grupo AGRIMEC
Liana Merladete / Dois Agência de Conteúdo
imprensa@agrimec.com.br

Siga-nos no Twitter ou curta nossa página no Facebook

.