Durante a última edição da Expointer, entre 24/08 e 01/09, a Agrimec realizou encontro com representantes de 14 instituições, de 7 países, sendo 4 da América do Sul, Bolívia, Colômbia, Peru e Venezuela; e 3 da África, Angola, Nova Guiné e Senegal.

O vendedor para o exterior, Enrique Salazar Villalobos, avalia de forma positiva os novos contatos de negócios e aponta o mercado africano como possível novo celeiro do mundo “por sua extensão territorial e baixa demografia, é um lugar para se< expandir o mercado, hoje o Brasil é o sexto maior exportador de implementos agrícolas para o continente e falta muito a ser feito, estamos em um momento positivo onde a atual taxa cambial favorece as exportações.”. A Agrimec também participa de rodadas de negócios, a próxima pauta, ainda sem data definida, será com o Arranjo Produtivo Local do Álcool, agência que integra e representa as usinas de produção do etanol combustível, Enrique esclarece que, “a rodada tem a vantagem do contato diretamente com o cliente, poupando tempo e canalizando os esforços da empresa, a Agrimec está acompanhando e focada no mercado da cana.”.