Os acadêmicos do Mestrado em Administração na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Adilson Carlos da Rocha, Caroline Rossetto Camargo e Lucas Veiga, escolheram a Agrimec para falar sobre o panorama de uma indústria de implementos agrícolas sob o prisma das estratégias de desempenho do exportador.

O objetivo, segundo Lucas, foi compreender como as estratégias de gestão sustentável se relacionam com esse desempenho. “As estratégias sustentáveis foram analisadas com base nos modelos de Placet, Anderson, Fowler (2005) e Lacy  et al. (2010)”, pontua, academicamente, o pesquisador.  “Buscamos compreender aspectos referentes à gestão ambiental, à responsabilidade social e à integração da sustentabilidade na estratégia empresarial”, diz ele.

O mestrando conta que a Agrimec foi escolhida por atender aos requisitos da pesquisa, e por tratar-se de uma empresa séria, “que está no mercado de atuação há quase 40 anos, sendo reconhecida no país e no exterior pela qualidade de seus produtos e confiabilidade em suas ações”.

O Departamento de Marketing da organização considera a iniciativa positiva. “O interesse da Academia pelo nosso trabalho é gratificante. Acreditamos que uma relação efetiva entre mercado e academia possam contribuir para o desenvolvimento”, comenta Odimara Marion Lamb, diretora do setor.

Lucas compartilha da mesma opinião. “As relações entre a academia e as empresas são de suma importância para a gestão e o processo de aprendizagem. Nos últimos anos, as empresas buscam tornar-se reconhecidas e competitivas, mas não basta atuar no mercado nacional. É necessário atuar no mercado internacional, para isso é necessário inovar, e as empresas estão percebendo que as Instituições de Ensino, podem contribuir com a transferência do conhecimento dos seus docentes e discentes, para a realização de pesquisas, parcerias para o desenvolvimento de novos produtos, qualificação de seus profissionais e novos métodos de gestão”, explica.

Outro ponto que o estudante levanta é que, nesse contexto, a relação entre Instituições de Ensino e Empresas pode ser ainda maior. “Por meio de ações e estratégias para estimular a consciência ambiental e redução do impacto de suas produções ao meio ambiente, para as empresas tornarem-se responsáveis e os discentes aliarem o conhecimento com a prática dos gestores”, exemplifica.

Sobre o trabalho realizado com a Agrimec, a disciplina norteadora foi a de métodos qualitativos, ministrada pela profª. Drª. Vânia Medianeira Flores Costa.

A Agrimec agradece o relacionamento e mantém suas portas abertas para o conhecimento, troca de ideias e complementariedade de competências.

Liana Merladete / Dois Agência de Conteúdo
Assessoria de Imprensa do GRUPO AGRIMEC
imprensa@agrimec.com.br