Os números da safra de cana-de-açúcar

As usinas de um dos maiores estados produtores de cana-de-açúcar, o Mato Grosso do Sul, já processaram 43,650 milhões de toneladas desde o início da safra, em abril de 2017, até a primeira quinzena de janeiro. O total corresponde a cerca de 5% a menos do que no mesmo período do ano passado, segundo a Biosul (Associação dos Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul).

Roberto Hollanda Filho, presidente da Associação, afirma que a redução na moagem já era esperada, pois não haviam sido projetados grandes percentuais de crescimento para o setor este ano, devido às chuvas que atrapalharam os trabalhos no campo.

A produção do açúcar também ficou dentro das expectativas, devido às geadas do inverno passado. Ao todo, 1,5 milhão de toneladas foram produzidas. Dos 800 mil hectares de cana, mais de 70% é destinado para a produção de etanol, que, este ano, totalizou 2,5 bilhões de toneladas.

Os estados da região Centro-Sul do país moeram 583,56 milhões de toneladas até o dia 15 de janeiro deste ano, defasagem de 10 milhões de toneladas em relação ao mesmo período da safra 2016/2017, segundo a Unica (União da Indústria da Cana-de-açúcar). A colheita está com término previsto para 31 de março.

Fonte: Campo Grande News

-->

Deixe um comentário

Seu email está mantido privado. Campos obrigatórios estão marcados com *

*
*

Você pode usar tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>