Arrozeiros apostam em medidas ambientais contra competitividade

A Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul, Federarroz, vai apresentar ao Governo Federal um pedido que visa a adoção de medidas comerciais restritivas contra países que possuam normas mais flexíveis de proteção do meio ambiente.

A iniciativa se deve ao fato dos orizicultores brasileiros terem que competir com o arroz oriundo de países com regras ambientais incompatíveis com a legislação do Brasil, o que torna desleal a concorrência, pois reflete em menor custo na produção.

De acordo com o diretor Jurídico da Federarroz, Anderson Belloli, os produtores de arroz do Brasil possuem conduta pautada pela preservação do solo, dos recursos hídricos e da integridade do sistema climático.

Porém, verifica-se que determinados países obtêm vantagem competitiva por não respeitarem regras que garantem a preservação dos solos e dos recursos hídricos, bem como boas práticas no registro e utilização de agentes químicos.

Para Belloli, uma legislação ambiental mais flexível reverte em custo menor ao produto final, sendo que esta vantagem deveria, portanto, ser minimizada pelo que se chama de ‘‘antidumping ambiental’’.

A medida torna-se mais necessária ainda no momento em que o setor arrozeiro busca por medidas para a manutenção dos preços mínimos do cereal, principalmente na região Sul, e para cumprir com a Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM), do Governo Federal, através de leilões.

Nos últimos seis leilões realizados, foram ofertadas 754 mil toneladas de arroz e negociados cerca de 460 mil toneladas. O último ocorreu na semana passada, dia 03, com 45 mil toneladas ofertadas para o RS e 6 mil para Santa Catarina.

Fonte: Notícias Agrícolas

-->

Deixe um comentário

Seu email está mantido privado. Campos obrigatórios estão marcados com *

*
*

Você pode usar tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>