Agronegócio é o principal responsável por desempenho na balança comercial

As vendas de produtos agropecuários tem tido uma grande importância para o saldo comercial brasileiro e, atualmente, o agronegócio responde por 44,8% das exportações totais do Brasil. Só em 2017, a balança comercial atingiu um recorde de US$ 67 bilhões.

Jankiel Santos, economista-chefe do banco Haitong, afirma que se em 2017 não houvesse o desempenho da agropecuária, o PIB, Produto Interno Bruto, cresceria menos, já que a agropecuária tem um peso maior na balança comercial.

No ano passado houve importantes aberturas de novos mercados, como de carne suína para a África do Sul; de produtos lácteos para a Malásia; de material genético para países da Ásia, como a Coréia do Sul; de arroz para o Peru e carne bovina para a Argentina, entre outros.

Os investimentos dos produtores rurais em pacotes tecnológicos avançados na safra 2016/2017 e o excelente clima, que garantiu que a última temporada tivesse uma safra recorde de 238 milhões de toneladas, fez com que o setor agropecuário mostrasse sua importância para a sociedade e para a economia brasileira, como lembra o coordenador do Núcleo Econômico da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Renato Concho.

Dados do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) revelam que a renda obtida no campo, no Brasil, cresce a um ritmo muito maior que o do restante do mundo, avançando 4,28% a cada ano. Aqui no Brasil, técnicos do MAPA ponderam que de 1975 a 2016, 80,6% do crescimento da produção agropecuária no País foi puxado por ganhos de produtividade.

Fonte: O Vigilante

-->

Deixe um comentário

Seu email está mantido privado. Campos obrigatórios estão marcados com *

*
*

Você pode usar tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>