Arquivos Mensais: maio 2011

Preço da cana-de-açúcar anima produtores

Em Mato Grosso do Sul, há previsão de aumento de 22% da colheita. 
No Paraná, a expectativa é colher 8% a mais do que na safra passada.

A safra de cana deve ser maior este ano e os agricultores estão satisfeitos. O Globo Rural foi ver a situação em São Paulo, em Mato Grosso e no Paraná.

Publicado em Notícias | Deixe um comentário

Para cientistas, novo Código Florestal poderá agravar questões climáticas

Segundo pesquisadores, o aumento da pressão sobre as áreas de florestas comprometerá os compromissos internacionais firmados em 2009

Quatro dos cientistas brasileiros que fazem parte do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC, na sigla em inglês), da Organização das Nações Unidas (ONU), alertaram para o possível agravamento sobre o clima com a entrada em vigência da atual versão do Código Florestal aprovada pela Câmara. Segundo eles, o aumento da pressão sobre as áreas de florestas comprometerá os compromissos internacionais firmados em 2009 pelo Brasil na Conferência de Copenhague, de diminuir em até 38,9% a emissão de gases de efeito estufa (GEE) e reduzir em 80% o desmatamento na Amazônia até 2020.

Publicado em Notícias | Deixe um comentário

Problemas com preço do etanol devem continuar até 2015, diz diretor da Unica

Falta de incentivos provoca dificuldades de estoque e alta nos valores durante entressafra da cana

A falta de incentivos poderá fazer com que o país enfrente nos próximos anos problemas no abastecimento de etanol durante o período de entressafra da cana-de-açúcar. A previsão é do diretor técnico da União da Indústria da Cana-de-Açúcar (Unica), Antônio de Pádua Rodrigues. 

Publicado em Notícias | Deixe um comentário

Deputados aprovam Código Florestal

Após um mês de discussões e ajustes na controversa Lei, os parlamentares no Congresso Nacional aprovaram o novo Código Florestal.

Mesmo com o boicote dos partidos PSOL e PV, a votação prosseguiu graças ao acordo firmado entre a bancada ruralista e os ambientalistas. No final da sessão, defensores do Agronegócio comemoraram o desfecho favorável, enquanto os conservacionistas alegaram que o excesso de concessões aos agricultores poderá causar prejuízos ao ecossistema. O Código Florestal segue agora para votação no Senado e, após aprovado, deve ser sancionado pela Presidente Dilma Roussef.

Publicado em Notícias | Deixe um comentário

Bioeletricidade

Bioeletricidade é foco nos setores canavieiro e arrozeiro

O Brasil investe em energia a partir de biomassa e até o fim do ano serão inauguradas as primeiras usinas voltadas especialmente para o beneficiamento da palha da cana e a casca do arroz.
Os investimentos proporcionam um novo nicho de mercado para essas culturas e propõe uma alternativa em relação à geração de energia tradicional no Brasil, baseada em hidrelétricas e termelétricas a carvão.

Publicado em Notícias | Deixe um comentário

Mobilização de arrozeiros pela safra 2010/2011

As baixas nos preços pagos ao produtor continuam a ser a maior preocupação do setor arrozeiro. Enquanto as cotações do cereal não sobem, agricultores do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, maiores produtores brasileiros da cultura, mobilizam-se a fim de buscar soluções. Como a safra passada sofreu perdas devido ao clima e endividou os produtores, a esperança depositada na safra recorde de 2011 para reaver os prejuízos de 2010 deram lugar a insatisfação, pois os baixos valores pagos não cobrem sequer as dívidas de anos anteriores. O Governo Federal promete absorver 500 mil toneladas da safra pelo preço mínimo estabelecido por Lei (R$ 25,80), porém, os rizicultores defendem a criação do preço-meta, em torno de R$ 30, valor que segundo eles estaria adequado à realidade do mercado.

Publicado em Notícias | Deixe um comentário

Escassez de etanol prossegue até 2013

Analistas do setor canavieiro afirmam que mesmo com a retomada dos investimentos, a produção não será suficiente para suprir a demanda até 2013.
Esse fato se deve a redução do crescimento produtivo do setor perante o mercado aquecido de automóveis bicombustíveis (Flex). Somente no período entre 2000 e 2008, o crescimento anual da safra direcionada à produção de etanol foi de 10,4% ao ano. Já de 2008 até o momento, o crescimento foi de apenas 3,3%.

Publicado em Notícias | Deixe um comentário

Copa e Olimpíada servirão de vitrine para o etanol

A Copa do Mundo de 2014 e a Olimpíada de 2016 serão eventos decisivos para consolidar o etanol da cana-de-açúcar produzido no Brasil, como alternativa viável de combustível para automóveis e também para o transporte coletivo.

As ideias, tecnologias e utilização da cana em várias aplicações para geração de energia serão abordados no evento Ethanol Summit 2011, que envolve a cadeia produtiva do setor canavieiro, agências de desenvolvimento, pesquisa e tecnologia. 

Publicado em Notícias | Deixe um comentário

Arrozeiros gaúchos fecham ponte em protesto

O movimento “te mexe arrozeiro”, fruto da iniciativa de produtores e sindicatos do setor orizícola, levou cinco mil pessoas ligadas à cadeia produtiva do arroz à cidade de Uruguaiana, no Rio Grande do Sul. O ato visou chamar a atenção das autoridades e do público para a crise que vive a lavoura arrozeira no Brasil, especialmente no Rio Grande do Sul, maior produtor nacional do cereal. Durante o protesto, os participantes fecharam a ponte que liga Uruguaiana à cidade de Paso de Los Libres, na Argentina. Segundo a organização, essa atitude é uma reação às importações de arroz daquele país, que estaria derrubando os preços no mercado interno. No momento, o preço pago pela saca de arroz em casca, de 50 kg, oscila entre R$ 19 e R$ 20, abaixo do preço mínimo estipulado pelo Governo Federal, de R$ 25,80.

Publicado em Notícias | Deixe um comentário

Entre o futuro e a incerteza

Divergências e contexto da votação do Código Florestal para o Agronegócio

Controvérsia. É a palavra que melhor define o clima dos debates sobre o novo Código Florestal Brasileiro. Desde sua criação em 1965, o Código tem sido objeto de discussão entre a sociedade, os políticos, empresários, produtores rurais e ambientalistas. As mudanças propostas no texto da Lei trazem à tona dois discursos antagônicos na Câmara dos Deputados e Senado Federal. Afinal de contas, quais são as razões para tanta polêmica?

Publicado em Notícias | Deixe um comentário